Deputado que afirmou urnas eletrônicas ser adulterada para impedir a eleição do presidente Jair Bolsonaro tem mandato cassado

Nesta quinta-feira (28) o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por 6 votos a 1 casou o mandato do Deputado Estadual (Fernando Francischini (PSL)) por ele ter afirmado sem ter provas que urnas eletrônicas foi adulteradas para impedir a eleição do presidente Jair Bolsonaro.

Foi considerado pelo TSE que a conduta de propagar desinformação pode configurar uso indevido dos meios de comunicação e abuso de poder politico

O  deputado do Paraná acusado de Fake News, disse que recorreria ao STF.

Fonte: G1

Inédito (Este foi o primeiro caso de cassação de parlamentares por Fake News).

Comentários